quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Da (des)educação

Eu fico chocada com comentários que leio. Juro!
Por dá cá aquela palha e só porque me apetece e não me identifico com alguém, vou lá aos status deles e cuspo-lhes nas fuças! Eh pá! Sou forte, ah? Tenho uma pila graaaande! Sou o maior da minha rua (deserta)
Costumo dizer aos condutores desenfreados e tresloucados com quem me cruzo, que o tesão lhes desceu ao dedo mindinho do pé - que é a saliência maior que têm no corpo; a estes, subiu-lhes o tesão ao mindinho da mão...
Ou temos isto, ou o extremo oposto, o efeito manada, que também e delicioso de se ler e digno de um postal da natal.
A má educação não se reduz ao caralho e ao foda-se, de todo!

Sem comentários:

Enviar um comentário