quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Dias de merda

- pela fresca, levar um apertão nas guidas, vulgo mamas, até ficar com os cabelos tudinhos em pé
- ter a noticia de que a mama é densa, nova portanto, e que o caralho do tumor continua a parecer benigno
- chegar ao escritório e ter 2 urgências para tratar, daquelas muito urgentes, tão urgentes que perguntei se não deviam ter ido ao Hospital de S. João, dada a urgência do caralho da urgência ser asssssim tão urgente
- para finalizar, a cereja no topo do melão com presunto, que não gosto de bolos, é ter uma puta de uma conta de quase 1.200€ de luz, embrulhadinha num caralho de um envelope assim a rir-se nas minhas fuças, na chegada à casa para almoçar

E ir tudo comer um valente cagalhão? não?

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Um camafeu, será?

Um padre que convida a sair todas as crianças ainda antes da celebração começar, é o quê?